Comunicado sobre o início das obras de recuperação física e instalação de sistema fotovoltaico na sede do SINASEFE-IFBA

set
(0) Comentários

É com muita satisfação que a Comissão responsável pela organização das obras de reparo na sede do Sindicato, criada em reunião de diretoria e apresentada em Assembleia Geral da entidade, composta pelo(a)s coordenadore(a)s André Sarmento, Camila Felix, Georges Rocha e Ronaldo Naziazeno, vem informar aos(as) filiado(a)s que as obras de recuperação física e instalação de um sistema fotovoltaico se iniciarão na próxima semana.

A recuperação física saneará anomalias relacionadas ao telhado, paredes externas, fachadas, calhas, janelas, fosso interno, jardineiras, falta de rebocos e pintura, acabamento, fissuras, rachaduras, peitoris externos, entre outros aspectos que vem causando infiltrações e alagamentos internos à sede e provocando deterioração das instalações, perdas de equipamentos e documentos da entidade e transtornos e prejuízos aos vizinhos – vide Laudo Técnico (clique aqui para acessar).

Também resolveu-se instalar um sistema fotovoltaico que produzirá energia elétrica de fonte renovável que resultará em economia da conta desse insumo junto à concessionária COELBA, podendo levar a autossuficiência e mesmo a disponibilização de excedente não consumido, gerando créditos para a entidade.

O processo de planejamento e estruturação das obras consistiu em 3 (três) etapas:

  1. na primeira etapa, um Laudo Técnico acima referido foi elaborado por uma empresa selecionada após análise de propostas de 4 (quatro) empresas, documento esse que faz um diagnóstico das condições físicas e patologias existentes na sede da entidade, apresenta soluções e o orçamento básico e referencial (cronograma físico e financeiro das fases da obra) para a correção dos problemas identificados por uma outra empresa a ser selecionada para executar as obras;
  2. na segunda etapa, foram convidadas novas empresas de engenharia para apresentarem propostas de execução tomando como base o Laudo Técnico elaborado na fase anterior, e, então, escolhida a empresa responsável pela execução da obra de restauração, considerando além da proposta de preço documentos comprobatórios de idoneidade legal e financeira apresentados, bem como, Certidões de Acervos Técnicos – CATs e Anotações de Responsabilidade Técnica – ARTs dos técnicos responsáveis, expedidos pelos órgãos de classe (CREA, CAU) e;
  3. na terceira etapa, elaborou-se um Contrato que, após análise, foi assinado, pelas partes, devendo as obras serem concluídas num prazo definido em 60 dias.

No caso da seleção e contratação da empresa responsável pela instalação do sistema fotovoltaico, foi adotado procedimento semelhante a partir da segunda etapa acima descrita.

O acompanhamento de toda a obra com realizações de medições de procedimentos executados e rigorosa verificação do previsto no Laudo Técnico – balizador da execução da obra, e inclusive para efeito de pagamento de parcelas previstas contratualmente, será realizado por um fiscal, técnico escolhido pela Comissão de Obras, conforme as boas práticas estabelecidas nos serviços de engenharia dessa natureza.

Importante destacar que, em todas as etapas acima descritas, além de acompanhamento e pareceres emitidos pelos advogados da Coordenação de Assuntos Jurídicos, amplo processo de transparência foi assegurado junto à direção do Sindicato por meio de comunicação permanente de todos os documentos e procedimentos para o e-mail da instituição e para o departamento financeiro da entidade, estando todos os documentos e correspondências trocadas disponíveis para o Conselho Fiscal e para o(a)s filiado(a)s do SINASEFE-IFBA.

Após a conclusão das obras, para as quais foram estabelecidas garantias contratuais, recomenda-se a inclusão no Regimento do SINASEFE-IFBA de regulamentação prevendo a realização de Manutenção Preventiva Periódica das Instalações, com os custos dessas intervenções definidos previamente no orçamento anual da entidade – conforme o demonstrado no documento que orienta essa intervenção e didaticamente apresentado na Figura 1 extraída desse documento:

Figura 1: Gráfico extraído do Laudo Técnico de Consultoria, pg. 50.

 

 

 

FORTALEÇA A LUTA DA CATEGORIA

Filie-se e conheça as nossas vantagens