Ifba Brumado

Conselho de representantes do Campus Brumado ainda não foi instalado

mar 15 2016
(0) Comentários

Como tudo o que beneficia o(a)s servidore(a)s se arrasta no IFBA, com a instalação do Conselho de Representantes do Campus de Brumado não seria diferente. Desde o último mês de dezembro, quando foram realizadas as eleições para a escolha do(a)s representantes (docentes, TAEs e discentes), a categoria espera a nomeação do(a)s eleito(a)s.

Segundo o professor e coordenador do curso técnico em mineração do Campus Brumado, Myller Fernandes, o processo eleitoral, que não contou com a candidatura de nenhum(a) docente, teve início em 01 dezembro e o resultado foi homologado 15 de dezembro. “Após a homologação do resultado, ele foi passado oficialmente para a Direção Geral do campus, para posterior encaminhamento para a Reitoria. Para finalizar o processo de composição dos membros do Conselho de Campus, o diretor geral iniciou, em janeiro, junto à comunidade, o trabalho de determinação dos demais membros (representantes do(a)s egresso(a)s, representantes dos pais/mães do(a)s aluno(a)s e representantes da sociedade civil). Mais uma vez, uma das ‘classes’, a de membros da sociedade civil, não manifestou interesse em compor o conselho. Os nomes do(a)s TAEs, discentes, pais/mães de aluno(a)s e egresso(a)s foram enviados para a Reitoria, onde foi solicitado que a Procuradoria Jurídica do Instituto se manifestasse quanto ao procedimento de ‘nomeação’ dos membros que não apresentaram candidatos (docentes e sociedade civil)”, explica Fernandes, que foi um dos membros da comissão eleitoral.

Para o docente, o tempo foi extremamente curto para a realização de um processo eleitoral de tamanha importância. “Como pode ser visualizado no Anexo 1 do edital, no dia 01.12.2015, o edital foi lançado e, 15 dias após o lançamento, o resultado já teria de ser publicado, o que poderia justificar a não candidatura de possíveis interessado(a)s na representação do(a)s docentes, por ter havido apenas um dia de divulgação e dois para inscrição”, avalia o coordenador. Ele conta que, neste momento, o restante do processo é resolvido, primeiramente, na Reitoria, onde será determinado o procedimento de escolha do(a)s representantes das classes não representadas via eleição.

“O SINASEFE-IFBA é solidário à comunidade de Brumado e fará gestões para encontrar, junto com os/as docentes, TAEs, discentes e a sociedade civil da região, o caminho para demover a Reitoria a aceitar o importante do Conselho. Entretanto, não nos surpreende a demora em implementar algo que beneficie a comunidade”, destaca o coordenador geral do SINASEFE-IFBA, Ronaldo Naziazeno.

O sindicato entrou em contato com a Assessoria de Comunicação do IFBA para questionar a demora na instalação do Conselho de Representantes do Campus Brumado, mas não obteve retorno até o momento.

Imagem: Reprodução

 

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

FORTALEÇA A LUTA DA CATEGORIA

Filie-se e conheça as nossas vantagens