Protesto dos estudantes de Conquista

Estudantes de Vitória da Conquista reclamam da Resolução 30 e dos preços abusivos da cantina

ago 22 2016
(0) Comentários

A imposição da Resolução 30 (redução de 4 para 3 anos no ensino integrado do IFBA) e os altos preços comercializados na cantina do IFBA Vitória da Conquista mobilizaram o(a)s aluno(a)s do Campus no final da última semana. O Grêmio Estudantil Chapolin organizou, na quinta-feira (18) um protesto e, com cartazes e megafone, saiu pelos corredores e pátio alertando o(a)s colegas sobre a falta de diálogo com a gestão do Instituto e os perigos da falta de democracia na instituição.

Na manifestação, o(a)s estudantes receberam informações sobre a Resolução 30, as eleições para o CONSUP, os malefícios da ingestão contínua de lanches gordurosos, entre outros esclarecimentos. “Havia uma apatia política em nosso Campus, mas conseguimos inquietar nosso(a)s colegas e fazê-lo(a)s se perguntar qual o motivo daquele protesto e da nossa insatisfação. Buscamos conscientizar mais aluno(a)s sobre a Resolução 30 e o CONSUP, pois o Instituto acaba esquecendo os campi do interior, as informações se concentram em Salvador e Região Metropolitana e o restante fica esquecido. Como o resultado foi bastante positivo, pretendemos fazer novos movimentos de debate”, adiantou o presidente do Grêmio Estudantil Chapolin, Tales Pimenta, estudante do 4º ano do curso de Meio Ambiente.

Ele conta que o Grêmio estudou a Resolução 30 e pretende produzir um documento com o posicionamento do Campus (através de conversas com o(a)s líderes de turma ou do referendo que será construído em conjunto com o SINASEFE-IFBA) e rediscutir a pauta com os novos membros do CONSUP. “Mesmo Vitória da Conquista tendo candidato ao Conselho, 75% do(a)s estudantes não sabiam das eleições. Outro ponto que destacamos foi que a Resolução 30 foi aprovada sem uma consulta popular prévia e sem a representação discente completa no CONSUP, sendo que seremos muito afetado(a)s com essa redução. O protesto foi muito positivo, pois conseguimos trazer essas questões à tona”, ressalta Pimenta.

Protesto em ConquistaA movimentação chamou a atenção da Direção do Campus e, na sexta-feira (19), o(a)s estudantes se reuniram com o fiscal de compras do IFBA Conquista e um dos proprietários da cantina. O(a)s representantes do(a)s aluno(a)s argumentaram que os preços já subiram duas vezes somente neste ano e que a empresa tem tido o monopólio da cantina desde 2014, com o contrato renovado recorrentemente sem a realização de novas licitações.

“A cantina pratica preços abusivos, extremamente altos. O aumento foi autorizado sem uma pesquisa prévia de preços (o contrato prevê que eles devem ser 5% mais baratos que os mesmo produtos comercializados em outras lanchonetes e cantinas). A justificativa dos donos é que os preços das matérias primas dos salgados aumentaram muito. Estamos tendo que sair do campus para comprar lanche fora. E nos perguntamos: como lá fora eles conseguem vender mais barato, sendo que a qualidade dos lanches é similar? Deveria haver uma nova abertura de licitação e a nova empresa deveria pesquisar os preços da região e ajustá-los para a realidade do(a)s estudantes”, alega o presidente do grêmio. Ele revela que outra reclamação recorrente é a falta de opções saudáveis e nutritivas de lanches e almoços na cantina: “só encontramos massas assadas ou fritas, o que tem prejudicado a saúde e o desempenho escolar de muito(a)s estudantes. Outra consequência negativa é que aluno(a)s não conseguem ficar na monitoria porque não têm condições de arcar com os preços altos para se alimentar”.

Mesmo diante de todos os argumentos, a cantina permanecerá com os preços atuais (ameaçou sair em setembro, quando o contrato vence. O(a)s aluno(a)s ficariam sem lanche até a contratação de outra empresa, através de licitação, o que pode demorar muito). No entanto, se comprometeu a elaborar, junto com o(a)s aluno(a)s, combos estudantis, com opções de lanches mais acessíveis, e a pensar produtos mais nutritivos e saudáveis para serem comercializados no local.

 

Imagens: Reprodução

Deixe seu comentário

FORTALEÇA A LUTA DA CATEGORIA

Filie-se e conheça as nossas vantagens