Comunicado de Barreiras

Novos pontos eletrônicos do IFBA não funcionam

jul 01 2016
(0) Comentários

Pontos eletrônicos sem funcionar mostram autoritarismo, ineficiência e inviabilidade desse mecanismo de controle de frequência

Com o objetivo de controlar e ampliar a jornada de trabalho do(a)s servidore(a)s do IFBA, prejudicando a qualidade do ensino na instituição, está sendo implantado o ponto eletrônico nos campi do Instituto. Além de gastar dinheiro público desnecessariamente, mesmo tendo inúmeras prioridades, o ponto eletrônico não está funcionando corretamente, pois muitas máquinas estão com defeito ou o sistema está inoperante.

A categoria já tem demonstrado que resistirá a mais esta medida autoritária da gestão. O reitor Renato Anunciação e o(a)s diretore(a)s de campi insistem em uma medida burocrática, ineficiente e questionada pela comunidade do IFBA.

Nos poucos campi em que o ponto eletrônico está implantado, tudo que a Direção do Sindicato já previa vem ocorrendo. Em Porto Seguro, por exemplo, a máquina está quebrada e o comprovante está saindo em branco. Já em Barreiras, o atestado de incompetência desta gestão veio também por meio de um comunicado, o qual informa que “em 29/06/2016, após testar o funcionamento do relógio do ponto eletrônico, verificamos que o mesmo não está funcionando”.

A categoria se pergunta por que não investir o dinheiro designado para o ponto eletrônico, em reformas de salas e ginásios e em compras de equipamentos para os laboratórios? A resposta é: porque o reitor Renato Anunciação quer e o que ele quer é lei no IFBA, mesmo que seja passando por cima de qualquer senso de democracia. A maioria do(a)s diretore(a)s de campi, infelizmente, se subordina covardemente ao reitor, mesmo reconhecendo que o sistema não funciona satisfatoriamente. Agora, mais dinheiro será “investido” nessa ferramenta de perseguição e controle. A Direção do sindicato está tomando as medidas políticas cabíveis e realizará grande assembleia na próxima semana (8/7), às 10h, na Reitoria, visando debater este e outros temas.

Imagem: Reprodução

Deixe seu comentário

FORTALEÇA A LUTA DA CATEGORIA

Filie-se e conheça as nossas vantagens