Roda dupla de Assembleia dialoga com categoria sobre vitórias em ações jurídicas e estratégias para derrotar Bolsonaro nas urnas

set
(0) Comentários
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Na última sexta-feira (1/09), o SINASEFE-IFBA realizou mais uma rodada dupla de Assembleias Gerais Híbridas, que contou com a presença de cerca de 90 participantes, sendo que 82 pessoas estiveram on-line e 8 filiadas(os) de forma presencial.

Por volta das 14h20, a AGH foi iniciada com a eleição de delegada(o) de base para a 176° Plenária do SINASEFE, que acontecerá no dia 3 de setembro, de forma virtual. Com 15 votos favoráveis, 0 contrários e 0 abstenções, a categoria escolheu a técnica-administrativa da Reitoria, Teresa Bahia, como delegada de base, e como observadora a coordenadora de comunicação do SINASEFE-IFBA, Fátima Santiago.

Como convocada no site, às 15h, a mesa composta pelas coordenadoras Marlene Socorro (geral), Rosa Mota (aposentadoria e seguridade social), Maria Eliana Matos (política para mulheres) e Fátima Santiago (comunicação) iniciou a 2° Assembleia Geral Híbrida. Na ocasião também estiveram presentes os membros da Diretoria, Camila Félix (secretaria) e José Roberto de Andrade (combate à opressão).

Seguindo a pauta, foram dados informes sobre a participação da Seção IFBA no 3° Encontro Nacional de Mulheres do SINASEFE, que aconteceu entre os dias 18 e 21 de agosto, em Fortaleza (CE), responsável por levar 43 mulheres, sendo pelo segundo ano consecutivo a 2° maior delegação. A iniciativa, que reuniu 520 mulheres de 48 seções de todo o país, foi marcada pelo primeiro “Toalhaço” do Brasil a favor da campanha pela eleição de Lula (PT) a presidente, no primeiro turno. A comissão organizadora do 3° Encontro das(os) Aposentadas(os) e Pensionistas do IFBA e Colégio Militar de Salvador, que acontecerá nos dias 21 e 22 de outubro, falou sobre o processo de cadastramento e coleta de dados que está sendo realizada na sede do sindicato para garantir a participação de todas(os) as(os) filiadas(os) com o conforto e os cuidados necessários. A categoria também foi comunicada sobre o Encontro de Negros e Negras do SINASEFE, que acontecerá em Brasília, em novembro deste ano.

A Assessoria Jurídica do SINASEFE-IFBA, representada pela advogada Carolina Heim e pelo advogado Rodrigo Juazeiro, também informou as(os) sindicalizadas(os) sobre as últimas três ações da assessoria jurídica nacional vitoriosas da categoria:

1) Todos os servidores que receberam auxílio-creche (auxílio pré-escolar) dentre o período de 2004 até 2015, poderá requerer a devolução dos valores pagos a título de imposto de renda (IR) que foram cobrados em cima desta gratificação.

2) A restituição do imposto de renda sobre os juros das ações judiciais;

3) Devolução do Plano de Seguridade Social (PSS) que contempla hora extra, adicional noturno, insalubridade, entre outros. A ação não limita o tempo, mas sugere que entre filiados que entraram antes de 2003. Quem entrou depois desse período pode dar entrada, mas terá impacto na sua aposentadoria mais tarde.

Durante a análise da conjuntura foram discutidas as dificuldades para organização do Grito dos Excluídos, no 7 de Setembro, considerando as tensões políticas por conta das eleições e as ameaças de violência de grupos bolsonaristas. Por questões de segurança, o ato será realizado em um outro momento e o SINASEFE-IFBA não convocará a base para ir às ruas no dia em que se celebra 200 anos da Independência do Brasil.

A Assembleia também abriu para discussão entre as(os) filiadas(os) que desejassem falar sobre o teletrabalho, que está sendo implantado em alguns lugares, como na Reitoria do Instituto Federal da Bahia.

 

 

Notícias Relacionadas

FORTALEÇA A LUTA DA CATEGORIA

Filie-se e conheça as nossas vantagens