WhatsApp Image 2020-09-21 at 14.58.36 (1)

SINASEFE-IFBA ganha liminar em ação cível contra candidato a vereador de Salvador responsável pela depredação do outdoor da campanha ‘A morte não pode governar o Brasil’

out 07 2020
(0) Comentários
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Na segunda-feira (5/10), saiu a decisão liminar favorável ao SINASEFE-IFBA na ação cível de danos morais e materiais do sindicato contra o advogado Leandro de Jesus, candidato do PRTB à Câmara Municipal de Salvador e militante bolsonarista que, num ato de vandalismo, destruiu um dos outdoors da campanha ‘A morte não pode governar o Brasil’, localizado no bairro do Dique do Tororó, em Salvador.

O juiz, acatando o pedido do sindicato, determina que o Facebook exclua das suas plataformas – Facebook e Instagram – os vídeos em que o bolsonarista aparece depredando o outdoor e da live em que comenta sobre o crime, sob pena de multa diária no valor de R$ 1.000,00 (mil reais) em favor do SINASEFE-IFBA, com esteio no art. 497 do CPC.

Além disso, a nossa seção sindical apresentou uma queixa-crime por danos, calúnia e difamação contra Leandro de Jesus. Também apresentamos representação ao Ministério Público da Bahia pelo cometimento de incitação ao crime, como também representamos ao Ministério Público Eleitoral para investigar o fato.

Para nós do SINASEFE-IFBA, um sindicato classista e com uma história de luta contra às opressões, essa reação violenta da militância bolsonarista não intimidará as nossas iniciativas, posições políticas e muito menos a veiculação da campanha “A morte não pode governar o Brasil”. Lamentamos profundamente a conduta criminosa deste senhor e informamos que buscaremos todos os meios legais pra que o mesmo pague pelo crime que cometeu. Também nos preocupamos que, caso seja eleito, o senhor Leandro de Jesus encare as divergências políticas com atitudes truculentas, por meio de ameaças, agressões verbais e depredando bens alheios.

Ainda vivemos num o estado democrático de direito e acreditamos que o Poder Judiciário não admitirá justiceiros reacionários que pensam que podem fazer justiça com as próprias mãos, ameaças, agressões verbais e depredar bens alheios. Seguiremos na luta e buscando todas as medidas legais.

Baixe aqui o documento.

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

FORTALEÇA A LUTA DA CATEGORIA

Filie-se e conheça as nossas vantagens